Medalha de Campeão Brasileiro é doada a família de ciclista assassinado.

Em outubro desse ano foi noticiado, na cidade de Uberlândia a morte de um mototaxista em uma briga de trânsito (Jornal Correio de Uberlândia). O assunto repercutiu rápido pelos jornais impressos e televisivos. Nas redes sociais o assunto tomou uma outra proporção entre os ciclistas ao descobrir que a vitima se tratava de uma figura conhecida e carismática entre os ciclistas da cidade: Odair Rosa Silva Júnior, o “Gordinho”.

gordinho

Desde os amigos mais próximos aos ciclistas que não o conhecia, se sentiram sensibilizados mediante o acontecido. Durante o velório, os amigos em questionamento aos familiares, descobriram que Odair, se preparava para casar no mês de dezembro, a qual já moravam juntos e se desdobrava em dois turnos para arcar com as despesas de casa e ainda ajudar financeiramente os pais. Iniciou-se rapidamente um movimento nos grupos de Whatsapp para arrecadar fundos. Muitas pessoas depositaram diretamente na conta dos pais da vitima a quantia desejada. Mas essa solidariedade criou pernas e foi ainda mais longe.

bike fit - publicidade 04

Foi Criado o Treino Premiado: 2º Maratona do Cerrado, com o intuito de arrecadar fundos para auxiliar a família com as despesas fúnebres. O evento aconteceu no Último dia 13/12 onde se inscreveram 50 atletas ao valor de R$ 20,00 cada.

O percurso contou com trajeto de 27,4 Km de estrada, composto por várias subidas íngremes que colocaram a prova a técnica e resistência dos pilotos.

2 maratona do cerrado fim

Logo no primeiro quilometro uma fuga de seis atletas dominou durante toda a prova, até que a cinco quilômetros da chegada o grupo decidiu como seria composto o pódio.

A categoria feminina foi composta por quatro mulheres, tento uma líder de ponta a ponta.

O pódio final foi composto por:

  Masculino
 1 Moises Lourenço
 2 Geison Rabelo
 3 Diego Silva
 4 João Matheus
 5 Rafael Inácio
  Feminimo
 1  Jerusa Alves
 2 Michele Louise
 3 Ana Flávia
 4 Alexandra Sato
 5

Durante a formação do Pódio a mãe do atleta assassinado foi convidada para pronunciar e nesse momento todos foram surpreendidos pela interrupção do Douglas Neto Arara, o qual está de posse de sua medalha de Campeão Brasileiro. O mesmo proferiu o seguinte Discurso:

.

“Impossível conter as lágrimas”, foi o que relatou as lágrimas foi o que relatou Afanásio, o autor de um dos vídeos gerados.

Nada melhor, em uma época de Natal, onde estamos todos sensibilizados, encerrar o ano com um grande gesto de solidariedade e desprendimento.

Assim, rendemos nosso respeito e consideração pelo: Justino (organizador da prova), Douglas Neto (Campeão Brasileiro), todos os atletas inscritos e todas as pessoas que prestigiaram e ajudaram a família depositando algum valor.

Uma história triste, da qual tiramos grandes aprendizados.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *