Circuito do Vale Europeu 2007

INDICE

Clique no itens abaixo para navegar


  Projeto BioCicloTurismo

Depois de alguns anos, começamos a procurar viagens alternativas. Pensando nisso, decidimos VIAJAR DIFERENTE. Vamos VIAJAR DE BIKE.

Quando chega o final do ano e entramos de férias, ficamos com vontade de sair de viagem,espairecer, esquecer dos problemas e do dia-a-dia Viajar de bicicleta é um sonho comum para aqueles que tem paixão pelo pedal.

Vencer uma longa distância pelo seu próprio esforço. É algo no minimo sedutor. Mas veja bem, não falo de viajar uma longa distância em um dia. Falo de percorrer vários KM durante vários dias.

Sempre acompanhei pessoas que percorrem longas distâncias com suas bikes, sonhando em um dia poder realizar algo semelhante.

Geralmente essas viagens demoram mais tempo para serem planejadas do que para serem executadas.
Isso se deve ao fato de que depois que a pessoa deixa seu ponto de partida ela deve ser totalmente autônoma, por isso cada detalhe e imprevisto precisa ser pensado.

Circuito do Vale Europeu 2007 001

O fato de estar sobre uma bicicleta limita muito a sua bagagem e a sua capacidade de resolver problemas, onde um simples pneu furado, uma chuva, uma mudança climática, um resfriado passariam despercebidos se a viagem fosse de carro. Mas de bike se tornam grandes problemas a serem resolvidos.

Quando se está viajando de carro e não acha hospedagem em uma cidade, basta tocar para a próxima cidade, mas de bike não dá.

A falta de água e alimento podem comprometer seriamente sua viagem quando se está viajando de bicicleta, afinal o alimento é o combustível da máquina que nos conduz.

Foi com esses e tantos outros pensamentos que iniciei o meu primeiro projeto de Cicloturismo.

Depois de decidir realizar a viagem, o primeiro passo foi escolher o trajeto a ser percorrido. Entre tantas conversas e leituras ficou a dúvida entre:

Caminho da Fé – Caminho da Luz – Estrada Real – Circuito do Vale Europeu.

A estrutura e organização do Vale Europeu foi fator decisivo na escolha, bem como a logística do trajeto. Mas a distancia para chegar ao ponto de partida foi um ponto muito negativo.

Agora que as datas já foram escolhidas, as reservas feitas teve início a parte mais difícil de todas: Convencer a família que vou viajar de bicicleta. Ninguém compreende o fato. Ser chamado de louco, caduco, etc é comum. Minha mãe faltou chorar, mas pediu pelo amor de Deus para eu não ir. Os amigos não acreditam. Primeiro porque acham que bicicleta é coisa de criança é que viajar de Bike é no mínimo falta de juízo.

Para facilitar, vou considerar três etapas:

  1. Escolher o roteiro,
  2. Convencer os parentes
  3. Planejar a viagem.

Quem sempre viajou de carro logo pensa: Planejar o que? É só levar o cartão de crédito qualquer coisa que faltar é só parar e comprar.

Acontece que na maioria das localidades nem agência bancaria tem. Muitos são vilarejos com apenas uma simples pousada. Um dos lugares que liguei informou que os hotéis da cidade estavam em recesso de fim de ano e que por isso não serviriam alimentação e que o local mais próximo pra se alimentar seria a 10 KM dali. Por isso temos de levar comida para os 7 dias de viagem, temos de deixar tudo pago nas hospedagens antes de sair para não carregar dinheiro, estudar o roteiro, mapas e planilhas, e o que é pior, comprar vários KITs que enumerei como:

  • KIT BIKE,
  • KIT PEDAL,
  • KIT RESERVA,
  • KIT NOITE,
  • KIT FRIO,
  • KIT HIGIENE PESSOAL,
  • KIT FERRAMENTAS,
  • KIT 1° SOCORROS,
  • KIT ALIMENTAÇÃO,
  • KIT ACESSÓRIOS.

Os detalhes de cada um conto em uma outra oportunidade. Mas já adianto que isso talvez seja o ponto mais sedutor da viagem. Poder se desconectar completamente do mundo.

 

 

A escolha do roteiro

A parte mais difícil

Conhecendo Pessoas

ALFORJE? Que é ISSO?

Auto Suficiência e Peso

A ansiedade da Partida

O que você não pode deixar de saber.

Período Sabático? Que é isso?

O que antecede….

1º Dia – Timbó a Pomerode

2º Dia – Pomerode a Indaial

3º Dia – Indaial a Rodeio

4º Dia – Rodeio a Dr. Pedrinho

5º Dia – Joinville – Museu da Bicicleta

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *